ESTÉTICO

OLHEIRAS 

As olheiras são marcantes em qualquer rosto, pois conferem um aspecto de cansaço, de uma noite mal dormida e até mesmo de um olhar envelhecido, podendo prejudicar a imagem pessoal. 

 

Uma combinação de fatores leva à aparência final das olheiras. A genética tem um importante papel, uma vez que o escurecimento ao redor dos olhos aparece em diversos indivíduos, em plena juventude. A etnia, também tem influência neste processo e já é conhecido o fato de que sujeitos de determinadas origens étnicas apresentarem tendência de maior depósito de melanina na região suborbital, independente de outros fatores. Além disso, alguns indivíduos têm a pele mais fina do que os outros, o que permite que tanto a melanina, como os músculos que se localizam abaixo dos olhos, transpareçam através da pele dessa área.

Outros dois fatores também favorecem o aumento desta hiperpigmentação com o passar do tempo: o fotoenvelhecimento e a gravidade. A medida que a pele da região da pálpebra inferior, se move para baixo, por efeito da gravidade, ela torna-se mais fina; os vasos sanguíneos aumentam, em resposta a esse adelgaçamento.

O afinamento da pele também faz com que esses vasos e que qualquer pigmento abaixo dos olhos tornem-se mais visíveis. Qualquer trauma pode se transformar em depósito de hemosiderina (pigmento resultante da transformação do pigmento do sangue), como também, a exposição à radiação ultravioleta A, com o passar do tempo, aumenta a melanina na área, o que contribui para o escurecimento. Com o passar do tempo todos esses fatores contribuem para o aparecimento das olheiras.

Tipicamente as olheiras podem de ser de 3 tipos:

1) Olheiras acastanhadas:

São decorrentes do maior acúmulo de melanina ou de hemossiderina (um pigmento gerado a partir de hemácias – células do sangue – que extravasam para pele).

Causas principais:

  • Fatores genéticos e raciais – Alguns grupos raciais como hindus, árabes, ibéricos e turcos apresentam maior acúmulo de melanina nas olheiras;

  • Alergia (rinite alérgica e alergia de contato) – O ato de coçar os olhos gera inflamação da pele com posterior pigmentação do local;

  • Exposição solar – Além de aumentar a produção de melanina, acelera a destruição do colágeno, tornando a pele mais flácida;

  • Algumas medicações orais e colírios podem pigmentar a pele das pálpebras.

 

2) Olheiras arroxeadas:

Quando surgem da dilatação dos vasos sanguíneos que circulam no local. Como a pele da pálpebra é fina e transparente, conseguimos observar os vasos sanguíneos do local.

Causas principais:

  • Os grupos raciais citados acima também podem apresentar excesso de vascularização;

  • Privação de sono e alcoolismo – Levam a retenção de liquido e aumento do inchaço no local , com consequente acúmulo de sangue nos vasos sanguíneos da região.

  • Outras condições que aumentem a retenção de líquido, como gravidez e menstruação.

 

3) Olheiras profundas:

Quando há a formação do sulco nasolacrimal, uma depressão que surge na parte medial da olheira. Esta depressão gera uma sombra no local, conferindo a coloração mais escura da olheira. Ocorre pela perda de gordura associada à flacidez da pele. Neste caso, a causa principal é o envelhecimento, que em alguns casos se mostra precoce, com formação do sulco nasolacrimal desde os 20 anos de idade.

 

Tratamentos

  • Cremes de uso domiciliar – Devem ter ação despigmentante, descongestionante, além de estimular a formação de colágeno;

  • Peelings químicos – Possuem ação despigmentante mais intensa que os cremes de uso diário. Também conferem firmeza a pele, através do estimulo de colágeno;

  • Preenchimento com ácido hialurônico – Para os casos onde há perda da gordura palpebral com formação da goteira lacrimal;

  • Luz intensa pulsada e pulsed dye laser – Conseguem tratar vários componentes das olheiras, como excesso de melanina e os vasos sanguíneos dilatados, além de melhorar a textura da pele;

  • Lasers ablativos, como laser de Co2 e laser de erbium- Renovam a epiderme diminuindo a pigmentação, além de tratar rugas e flacidez das pálpebras

  • Laser Nd Yag Q-Switched – Conseguem reduzir a quantidade de melanina.

OLHEIRA 6.jpg
OLHEIRAS .jpg