ESTÉTICO

FLACIDEZ 

Com o passar dos anos, os sinais do envelhecimento cutâneo ficam mais evidentes. Uma das características principais é a flacidez, que consiste na perda de sustentação e é uma das principais queixas de homens e mulheres nos consultórios de dermatologia.

 

A flacidez é um processo natural da pele, que se dá com o envelhecimento e a perda das fibras de colágeno - proteína responsável pela sustentação da pele. Elas são degradadas a uma velocidade maior do que conseguem ser produzidas e a partir dos 25 anos, já é possível notar a queda da produção, não só em relação à quantidade, mas também à qualidade. O resultado desse somatório  é a estrutura da pele ficar bastante comprometida, com perda do tônus e da firmeza.

 

No geral, uma rotina desregrada de saúde e cuidados com o corpo podem levar à flacidez. Por uma questão hormonal, mulheres são mais propensas à perda de firmeza dos tecidos. Mulheres após a menopausa, idosos de ambos os sexos que sofrem substituição de parte dos músculos por gordura, pessoas que perdem grande quantidade de peso de forma rápida e indivíduos de pele mais clara, que se expõem muito a raios solares, desenvolvem a flacidez. A genética influencia diretamente no grau de flacidez de cada pessoa, e além disso, os hábitos de vida, sedentarismo e a alimentação, pois os alimentos ricos em gorduras e carboidratos livres aumentam a degradação das fibras de colágeno.

 

 

Você pode prevenir a flacidez desenvolvendo alguns hábitos saudáveis. Ter uma alimentação equilibrada contribui para diminuir e até mesmo prevenir a flacidez. Por isso, invista em alimentos ricos em antioxidantes, como leites, cereais e peixes, que ajudam a manter a pele firme. As frutas vermelhas, como a amora e o morango, são ricas em antioxidantes, que combatem os efeitos dos radicais livres na pele. Enquanto isso, os alimentos alaranjados são ricos em Vitamina A e as frutas cítricas contêm Vitamina C. Essas substâncias contribuem para a formação de colágeno. Já a aveia, é fonte de silício, capaz de estimular a produção de colágeno. Evite consumir muitos doces, álcool, refrigerantes, frituras, alimentos embutidos e ricos em sódio.

 

Outra dica é praticar atividades físicas regularmente, como pilates e musculação, que estimulam o tônus muscular e a diminuição do tecido adiposo. Isso é importante porque a gordura pode esconder um músculo tonificado, ocasionando a flacidez.  Assim, você também consegue evitar a variação de peso e o efeito sanfona, que deixa a pele flácida e pode causar estrias.

 

Além disso, massagear os músculos faciais ajuda a manter a pele firme. Se beneficie também do uso do protetor solar diariamente, pois a exposição ao sol sem proteção faz com que a pele perca força.

 

Hoje em dia, já existem diversos dermocosméticos, tópicos e orais, que te ajudam a prevenir a flacidez da pele, sendo adequado a prescrição médica.

 

Se essa é sua queixa, procure logo um dermatologista. Já existem nos consultórios inúmeros protocolos de tratamento indicados para combater a flacidez facial e corporal. A escolha vai variar de paciente para paciente conforme a idade, o grau de flacidez, o histórico, a rotina e outras particularidades. São protocolos personalizados que, muitas vezes, associam várias tecnologias em busca dos melhores resultados.

 

A maioria dos tratamentos disponíveis tem em comum a função principal de estimular a produção de colágeno e elastina, redefinindo o contorno facial ou corporal, promovendo efeito tensor, minimizando o aspecto de rugas e linhas, melhorando os níveis de hidratação da pele e, por consequência, devolvendo a firmeza e o viço perdidos com o passar dos anos.

 

Entre as novidades disponíveis no mercado, destaca-se o aparelho de Ultrassom microfocado e macrofocado com ponteiras para face e corpo, que age profundamente na derme e no tecido subcutâneo, atingindo até mesmo a fáscia muscular e promovendo pontos de coagulação nesses tecidos, que geram o efeito tensor. O procedimento não tira o paciente da sua rotina e é indicado também para tratar a flacidez do pescoço, responsável pelo surgimento, em homens e mulheres, da indesejada papada.

 

A técnica de harmonização facial promovem a sustentação da face e rejuvenescimento – com aspecto natural. Trata-se de um procedimento injetável e minimamente invasivo, em que o dermatologista mapeia o rosto do paciente, identificando áreas a serem trabalhadas com um preenchimento de ácido hialurônico mais profundo, que funciona como pontos de sustentação para um efeito lifting natural e sem volume. O resultado é uma aparência mais leve, jovial e harmônica. O procedimento pode ser feito em áreas como bochechas, sobrancelhas, queixo, lábios, rugas ao redor dos olhos, sulcos nasolabiais e testa.

 

Já o ácido poli-l-lático injetável é um bioestimulador de colágeno, sendo uma substância segura, biocompatível e reabsorvível pelo organismo. Também estimula a produção de colágeno, aumentando a espessura da pele, deixando-a mais firme e promovendo efeito lifting. 

O tratamento da flacidez, em algumas áreas da face e do corpo, também pode ser feito com fios de PDO, microagulhamento, Laser de CO2 e outros procedimentos.

 

Cabe ao dermatologista avaliar o paciente e prescrever o melhor protocolo para cada caso.

FLACIDEZ.jpg