DICAS & CURIOSIDADES

DICAS DE CUIDADOS COM OS CABELOS

1 - HIGIENE CAPILAR

 

Cuidado com a temperatura da água! Mantenha a água fria para morna e não aumente o tempo de banho. O banho muito quente e demorado é o primeiro vilão, pois isso pode aumentar a oleosidade do couro cabeludo e agravar quadros inflamatórios na região.

 

A higiene dos cabelos é essencial para mantê-los saudáveis. Usar produtos adequados ao tipo de cabelo, que ajudem na oleosidade ou que evite ressecamentos, a escolha desse produto é uma tarefa muitas vezes árdua.  

 

2 - FREQUÊNCIA DE LAVAGEM

 

Não existe regra! 

 

Pessoas com o couro muito oleoso, com dermatite seborréica, por exemplo, precisam lavar os cabelos todos os dias para a melhora da flora de microorganismos e melhora da inflamação. Pacientes com química (alisamento, luzes) não devem lavar diariamente os cabelos, pois podem ressecar/agredir os fios já danificados. Pessoas mais maduras, mulheres na pós-menopausa, negras e aquelas com cabelos secos, em geral, lavam menos, pois o sebo não se distribui uniformemente da raiz à haste, seja pela baixa produção ou pelo formato do fio ser encaracolado.

 

Se um paciente tem o couro cabeludo oleoso e passa um período sem lavá-lo, a tendência é que ele fique ainda mais oleoso, com aspecto nada bonito. Isso pode até mesmo favorecer o surgimento da dermatite seborreica naqueles que já tenham essa tendência. Se uma pessoa com cabelos secos lavá-los mais do que deveria, a tendência é que fiquem ainda mais ressecados, com aquele efeito frizz(arrepiado). Além disso, é importante evitar o excesso de detergente que os xampus contêm.

 

3 - JAMAIS DORMIR COM CABELOS MOLHADOS

JAMAIS! 

Melhor lavar os cabelos pela manhã. Se não é possível, lave os cabelos mais cedo e seque (secador morno). O ambiente úmido facilita o aparecimento de fungos e favorece o surgimento da caspa, além de induzir a estados alérgicos, e consequentemente queda capilar.

 

4 - HIDRATAÇÃO DAS CUTICULAS

 

A cutícula dos fios é a parte que sofre mais agressões. As maiores queixas são pontas-duplas, cabelos porosos, difíceis de pentear, quebradiços e eriçados. Quando os fios estão saudáveis, conseguem preservar as moléculas de água e proteína seladoras em seu interior, fazendo com que os fios fiquem maleáveis, hidratados e com brilho. Nos cabelos danificados, as cutículas permanecem abertas, isso faz com que o fio perca umidade, brilho e resistência. Aqueles quimicamente tratados ficam hidrófilos ou porosos, ou seja, a capacidade de armazenar água em seu interior é maior do que a dos fios normais. É imprescindível usar shampoo e condicionador correto, além de hidratar constantemente.

 

5 - EVITAR CHAPINHA OU SECADOR TODOS OS DIAS

 

Quando usados em excesso, esses aparelhos podem queimar, desidratar e quebrar os fios. Lembrete: se for lançar mão deles, o protetor térmico é indispensável.

 

6 - QUÍMICAS/TINTURA/ALISAMENTOS

Os processos químicos pelos quais os cabelos passam ao longo da vida tendem a prejudicar a estrutura dos fios. As tinturas e os alisamentos são as principais causas deste desgaste. 

Os cabelos que passam por processos químicos (escovas "progressivas", tinturas e alisamentos) sofrem alterações estruturais e podem ficar com aspecto elástico e quebradiço. É comum o surgimento de irritações no couro cabeludo e o aparecimento de pequenas feridas e queimaduras. O produto químico utilizado inadequadamente ou de forma exagerada torna o fio sensível e frágil, como consequência ocorre a desestabilização dos fios, perda das proteínas e a diminuição da resistência, o que ocasiona o chamado "corte químico" (quebra dos fios).

 

  • Antes de fazer qualquer tipo de procedimento químico, analise criteriosamente e conheça a técnica escolhida. 

  • Evite o excesso de procedimentos capilares envolvendo produtos químicos, como realizar mais de um procedimento no mesmo dia ou em um intervalo curto de tempo. 

  • Prepare o cabelo para receber o produto, quanto mais saudável e hidratado forem os fios, menores serão os eventuais danos. 

  • Depois de qualquer processo químico, o cabelo sofre alteração de pH e perda de nutrientes, tornando-se necessária a hidratação e a queratinização. Usar produtos específicos para cabelos quimicamente tratados é indispensável para manter a saúde e a integridade dos fios. 

  • Consulte sempre seu Dermatologista para auxiliar nos cuidados com os fios.

 

7 - ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL

A falta de nutrientes como ferro e zinco pode causar queda de cabelos. Uma alimentação balanceada, rica em proteínas e vitaminas antioxidantes, mantém os cabelos fortes e saudáveis. Em alguns casos deve suplementar com vitaminas.